Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 25 de outubro de 2009

Garanhuns, 1 mês.

É, tem um mês que estou em Garanhuns e já me acostumei com o cheiro dos eucaliptos e com o barulho dos caminhões que trafegam à cinco metros da minha janela, porém não há como eu me acostumar com a poeira da cidade. Meus sapatos e tênis estão ficando todos marrons, exceto o sapato que já é marrom, na região onde eu moro não há calçadas, mas sim barro e pó. E isso é triste.

Mas... vamos lá:

Meu eletrodoméstico predileto é a máquina de lavar roupa, a danada é eficiente pra dedel, e supre todas minhas necessidades, para completar, ainda chegou no mesmo dia em que foi comprada, é uma tetéia mesmo!
Cansei de tomar banho frio, comprei uma resistência de chuveiro (o que faz a água esquentar) e me danei a tentar trocar a queimada. Levei um certo tempo para conseguir abrir o bendito... e depois de vasculhar manuais na internet... consegui. Troquei a resistência depois de desmontar o bixo todo. Eis que ligo ele pra testar... ele esquentou a água... eu fico feliz. Horas depois, vou tomar banho e cadê a água quente? Eu desmonto e pah... a resistência queimou de novo... É fiz uma besteira no meio do processo e preciso comprar outra. *é burro! e não leu o manual todo*

Inhame é a base da minha dieta, a partir de então, afinal, aqui não se vende banana de qualidade... por mais que essa frase possa soar infame =\

Choveu pela primeira vez... e eu descobri que a chuva entra pela varanda e a água corre por toda a sala.... ainda bem que eu sei construir diques *aliviado por ter sangue holandês correndo nas veias yehay*

Correr no parque aqui é legal, só é chato quando tem gente que vai passear em quarteto e fecha todo o caminho =\ obrigando quem corre a se meter na poeira.


quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Relatos de uma segunda semana.

O trabalho continua a mesma coisa... melhorando... mas uma coisa chata.

Notícias legais...

-Consegui alugar o meu muquifo! Será um muquifo legal depois da chegada dos móveis... e da instalação da internet... que já estaria instalada se a Oi não fosse uma baita de uma empresa disgramada e pactuada com seres e entidades obscuras...
-O Sonho da padaria padoca é o melhor que já comi... tudo bem que não foi o mais barato.... mas ainda assim vale muito a pena. Será a minha padaria de agora em diante.
-Não levei nenhuma topada ainda.... seria esse um prelúdio?

Notícias desagradáveis...

-Infecção estomacal... altamente desagradável... ainda mais quando não se está em uma semana onde você pode repousar... assim tive que sair vomitando por calçadas da Grande Garanhuns, perdão nobres cidadãos deste município. Passei 48 horas como se em uma montanha russa estivesse =\
- José Mayer tem mais "sexy appeal" do que eu e todos os meus futuros descendentes juntos, mesmo minha fofa namorada sendo uma gatona... "Ajax" que será o primogênito, teria que ser operado por Deus para ter tamanho sex appeal....
-Sim... estou assistindo novela... ou é novela ou algum padre falando na Rede Vida... o Canal da Família. Aí até a novela ganha.
-A instalação da linha de telefone... foi uma pequena odisséia.... o técnico gordinho e careca... subiu na escada umas 14 vezes... brigou com os fios... incomodamos a vizinhança... ligamos para pessoas aleatoriamente e depois de quase 4 horas... quando já tinhamos desenvolvido uma amizade sólida... e já haviamos combinado de sermos padrinhos uns dos futuros filhos do outro... eu consegui minha linha, ele foi embora... e eu perdi um amigo.

É isso... bulululu

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Que legal!

Garanhuns.... meu segundo dia na cidade. Acordei 5 horas da manhã e quando olho pela janela... uma senhora neblina. Estou me alimentando super bem... pão com leite, não refrigerado (tomara que não azedo também), maçã, pêra e banana. Nem relatarei meu almoço, senão vão rir e tudo mais.

Há muitas pessoas no parque... muitas senhoras... na verdade, e uns tios gordinhos, quando eu puder... demonstrarei meus desajustes motores na pista! hoho

Lua Nova - o Filme/Livro do momento para as menininhas... terá até uma trilha sonora com artistas decentes o.O The Killers, Thom Yorke, Muse e Death Cab for Cutie.... realmente... já que nem o livro e nem o filme tem qualidade... ao menos os artistas da Trilha sonora os tem! *recebendo olhares ameaçadores de menininhas na puberdade*

Mamão, melancia e melão fazem você passar a manhã feliz! =) Ouviram criancinhas?

O No limite é um reality show que gera tanta empolgação quanto uma corrida de caramujos =\




sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Retornando!

Voltando a Maceió... minha amidalite transformou-se em um resfriado. É uma baixaria isso, definitivamente, e eu suspeito que ela tenha se originado da tijelona de açaí que eu tomei lá em Recife. Está vendo a ironia de toda a coisa... se eu houvesse tomado 1 litro de sorvete, provavelmente estaria feliz e saudável... tomei açaí... e estou corizando mais que um infectado por gripe suína =\

A volta de Recife a Maceió para variar foi traumática... pois como em uma reprise do filme Lagoa Azul na sessão da tarde, eu enjoei e ainda tomei maior susto com uma barulhada no meio da viagem, que segundo o motorista foi um: "deu um treco no ... errr... como é que é?... ah... assim... na roda" explicação que me deixou mais aliviado... assim eu saberia a razão se eu acordasse no meio de algum canavial, de cabeça para baixo =\

Outra coisa... muito me perturba o cheiro que essas Usinas de Açúcar deixam um cheiro maldito que me deixa mais enjoado... é uma decepção isso... quando todo mundo colabora para que eu fique verde e inquieto... agora entendo porque o Bruce Banner se transforma em Hulk =\

Para não falar apenas de coisas negativas.... passei 4 dias em Recife... e nenhum mendigo tentou me abraçar! Vitória!

Maldita coriza... =\

sábado, 12 de setembro de 2009

Nem balançar, nem girar, muito menos trepidar.

Eu não nasci para ser transportado, isso é uma realidade cruel e que muito me deprime. Sim, é triste quando você enjoa ao fazer simples viagens de ônibus, pequenos trajetos de trem ou metrô ou percursos de avião, até brincar com um autorama é chato, para mim.

Desde pequeno eu sempre passei vexame, enjoava e vomitava indo para São Miguel (fica a menos de 100 km de Maceió)! Andar no carrosel ou ir aos parques de diversão nada feito, enjoo, aparência esverdeada e vômito. Experimente ser uma criança e não participar de todas aquelas brincadeiras onde a graça é rodar, rodar e rodar até ficar tonto e estabacar-se no chão, é triste, ao menos eu podia subir em árvores, desde que elas não balançassem muito.

Tudo isso é super deprimente, eu mesmo sendo nordestino odeio o balançar de redes, pois elas fazem-me enjoar, usar redes de dormir... apenas com o pé no chão, e com muita cautela.

Barcos... são figura demoníacas sobretudo para mim... balançando com as ondas, fazendo o café da manhã sair pelo norte, ao invés de rumar pelo sul, provocando mal estar e desespero, ao menos os peixinhos conseguem um alimento diferente do corriqueiro.

Enfim... eu não aguento balançar, chacoalhar, nem constantes solavancos, o que me fez largar o programa aeroespacial brasileiro, assim, nada de ser astronauta, não podendo mais virar um camelô galático como foi o mestre e primeiro astronauta brasileiro cujo nome o google pode informar mas eu não haha... pois processos podem ser ainda mais incômodos do que algum enjoo!

Dica do dia.... se for viajar... baixe um pouco o banco... melhora o enjoo e leve um saquinho... ou então, ao menos, não tente segurar tudo com a mão... não adianta!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Recife

Sou alagoano e isto poderia me tornar uma pessoa suspeita, visto que, sou fruto de um Estado dissidente de Pernambuco, que bravamente, por meio da luta conseguiu sua emancipação política (WHY GOD, WHY??) e desde então vem prestando bons préstimos para a história do Brasil... vide Collor, Renan, Darth Vader e Curupira. Mas tudo isso não vem ao caso. Assim... eu não gosto de Maceió e não canso de repetir... mas... gosto até menos de Recife. Porque Recife tem os mesmos problemas de Maceió só que em escala maior e mais quente.

Ou seja, você fica irritado com o trânsito e com o lixo, mas com o adendo de ficar mais suadinho! Em Maceió pelo menos prevaleceu o bom senso de limitar a altura dos prédios da orla (creio eu que não tenha sido de forma deliberada, mas apenas um erro mesmo... sabe-se lá... não acredito em acertos conscientes por parte dos seres dominantes daqui.). Ah... para explicar: Recife acaba ficando ainda mais quente devido àquela camada de prédios altos que constróem na orla.

Outra coisa chata é a questão da megalomania... Recife intitula-se a capital dos Baobás, a cidade com a maior avenida urbana em linha reta do mundo (pois é), a Veneza brasileira, a cidade com o melhor café regional do mundo (sim... melhor regional do mundo, e eu sou o melhor Skatista do meu quarteirão no mundo ;D e o melhor de tudo, eu sou o único! Excelência e exclusividade melhor que isso só se houvesse excrementos! HÁ!). Enfim... cansei... estava muito tempo parado... hora de assistir desenhos animados.

Ah... voltando de Recife vi algo muito legal. Quem passa por Ipojuca sempre vê muita propaganda sobre a Cidade, que Porto de Galinhas é octacampeã entre as praias mais bonitas do Brasil que o calçamento da rua do girino foi feito com primor, que os jogadores de dominó do bairro boa esparança podem sorrir com seus novos tabuleiros... enfim, sensacional. Mas... desta vez me surpreendi, tinham outdoors noticiando a entrega de kits de inverno para as crianças... sim... crianças com capas, guarda-chuvas e galochas... é isso aí.. Ipojuca faz... Ipojuca mostra... por meio de 200 mil outdoors.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Corram!

Comecei a correr...  afinal, minha barriga estava a crescer de forma marota e não quero permitir. Comprei um tênis, ganhei uma meia de brinde, calcei e fui correr. A Gruta (onde corro) não é lá muito legal, não que apareçam leões ou manadas de animais, como na Africa. Mas o problema é que eu tenho que dividir a rua com os carros e isso é chato.

Bem, a forma de correr revela muito de cada um e isso é fato. Cada pessoal tem uma forma especial e bizonha de manifestar seu desejo pela saúde. E eu como especial que sou tenho minha forma peculiar de me locomover, sempre disseram que eu ando estranho,  um pouco robotizado, meio mecânico, levemente desconjuntado, enfim, estranho. Talvez tenha sido isso que causou a lesão no meu tornozelo. Uma pena.

Como não queria ficar parado... peguei minha velha bicicleta que pouco fora usada em toda sua vida bicicletal. Meu tornozelo já não doía, fiquei feliz! E passei a correr pelas ruas da Gruta de Lourdes  sossegado, até e após algumas voltas....  tudo passou a ser chato, paralelepipedos são um desafio para quem quer andar de bicicleta e não tem glúteos devidamente acochoados. Passei a andar nas calçadas. O bom de andar às 06:00 da manhã é isso, há poucas pessoas na calçada. O problema foi uma senhora... esperou-me passar justo na hora em que tivemos que dividir a calçada: eu, ela e um coqueiro. Por pouco o coqueiro não se acidentou, muito embora estivesse deitado no chão, pobre coqueiro.

Minha bicicleta tem um retrovisor, mas muito inútil ao meu ver. Queria entender como um pedaço de espelho de uma polegada pode ser útil no meio de todo o tremelique da bicicleta. Ele é assim tão inútil ou meu desenvolvimento é tão descoordenado que nada eu posso ver? Triste isso. 

Mas assim, vão fazer duas semanas que me exercito de verdade.... na rua. E só tenho a recomendar. Bem melhor que correr em máquinas. Essas máquinas à partir de agora eu deixo somente aos Astronautas, eles é que não podem correr a céu aberto. Corram, sejam felizes e não sejam atropelados! O Pelé recomenda!